domingo, 12 de setembro de 2010

Luiza Brunet

Ontem estava eu no mercado quando uma coisa me chamou atenção. Achei que valeria a pena falar sobre. Então vamos lá.

Sabem aquelas revistas que ficam próximas aos caixas? Pois então. A história começa com elas... eu estava lá observando-as e pensando "quem acredita nisso? Quem acredita em matérias como 'Chape a barriga em 7 dias' ou ainda 'Perca 25kg em um mês comendo de tudo'?". Não sei... Só sei que enquanto eu lia essas notícias miraculosas, me deparei com algo que realmente me chamou a atenção: a Luiza Brunet.

A bela modelo, que conta atualmente 48 primaveras, está na capa da revista Cláudia de setembro. Até aí, nada de mais, vocês vão pensar... Realmente, nada de mais... Ela é modelo e já fotografou um centena de vezes para a tal publicação... Mas o que me chamou a atenção foi a foto dela. Sim, ela estava lindíssima como sempre, mas com um quê a mais de realidade... continuei analisando a foto quando percebi um pequeno texto sob o braço da modelo: "Luiza Brunet sem photoshop" Aaaaah, eu sabia que tinha algo diferente... rs

Comecemos então. Faz tempo que deixei de acreditar nas fotos dessas publicações porque definitivamente nenhuma mulher pode ser tão perfeita quanto elas mostram. Mas mais do que isso, essas fotos me irritam porque afrontam a minha inteligência -por exemplo quando mostram a senhora Suzana Vieira de biquini, exibindo um corpo que obviamente não é o dela, com a manchete "Linda aos 105 anos". Sim, eu tenho vontade de mandar todo o editorial da revista praquele lugar. Vá se ferrar, eu não sou idiota. Outro exemplo muito bom também é a capa da Boa Forma com a Carol Castro... Gente, aquela menina tem uma tatuagem medonha e gigantesca na barriga... eu já vi em vários lugares... Mas não na capa da Boa Forma de junho. Ok, penso eu: será que só eu sou louca? Ou será que só eu sou sã? Pelo amor de Deus, mulheres com a perfeição mostrada nas revistas não existem!


Só que o problema é que toda a mídia vende esta imagem, este ideal de beleza feminina... e a mulherada, tola, acredita que é possível e começa a fazer tudo - vejam bem, eu disse TUDO - para alcançar aqueles corpos e cabelos que nem sequer existem! As meninas cada vez mais cedo estão sofrendo com distúrbios alimentares, as mulheres estão se sujeitando cada vez mais a procedimentos cirúrgicos, os corpos estão cada vez mais plastificados... Pára tudo, onde vamos chegar ?? Ou melhor, onde queremos chegar??

Não, eu não estou fazendo aqui uma ode à feiura... Não é isso... Claro que alguns retoques são legais e até mesmo necessários, mas temos que ter um pouquinho de bom senso. A idade chega pra todo mundo - a menos que morramos cedo. Será que dá pra encarar isso com um pouquinho mais de naturalidade? Uma menina de 20, tem a beleza dos vinte. A de 30, a dos trinta. A de 40, as do quarenta, e assim sucessivamente... O que não podemos achar normal ou bonito é uma mulher de 70 anos querendo mostrar uma "cara de frigideira" pagando de gatinha. Pelo amor de Deus... Sejamos sensatos... Isso é, no mínimo, ridículo.

E por que a reportagem me chamou atenção? (confesso que fui obrigada a ler a íntegra quando cheguei em casa) Porque a Luiza está linda! Mesmo com os pés de galinha no canto dos olhos, mesmo com a pele do braço sem aquela viscosidade natural, mesmo com as maçãs do rosto menos durinhas... Ela é linda aos 48 anos e aparentando 48 anos! Isso é importante! Fico pensando qual a graça de se ter, em uma revista, aquela perna de 18, malhada e sarada se quando eu precisar usar um shortinho na praia não vai ter photoshop na vida real? Sei lá... Mas tem umas tantas aí que devem saber... rs



E agora deixando os programas de imagem um pouquinho de lado, vamos pensar nessas neuras aí de silicone, botox, faca e etc. Pense comigo: quantas pessoas você conhece que não precisavam de nenhum retoque e no entanto se submeteram a alguma cirurgia estética? Tenho certeza que todo mundo conhece pelo menos uma pessoa assim. Eu conheço algumas. Entendam, sou super a favor do silicone, por exemplo, eu acho realmente lindo... E eu mesma faria uma boa lipo nas minhas ancas gigantes... Vejam bem, eu não estou falando disso... Estou falando sobre o exagero: sobre aquela mulher que coloca 5l de silicone em cada mama, sobre aquela outra que arranca as costelas para ter a cintura mais fina, sobre aquela que não deve mais enxergar direito porque já esticou tanto a cara que já virou nissei, sobre aquela que é linda, mas mesmo assim, entra na faca com a certeza que precisa ter o corpo da Barbie - se é que a Barbie ainda é considerada padrão de beleza... Sim, porque, acreditem, algumas donas por aí já são lindas do jeito que estão, mas acreditam que o ser "linda" é ser como as mulheres das capas da Nova.... Hello, aquilo lá não existe! Basta uma busca de cinco minutos no Dr. Google e tcharam: 362 MIL resultados ('artistas sem photoshop')... acredite, aquelas beldades são pessoas normais como você e eu... Elas também têm celulite, estria, olheiras e marcas de espinha. A diferença? Elas também têm um carinha, diferentemente de nós, reles mortais, que mexe em cada detalhe de suas fotos. Fato. E além do mais, elas vivem da imagem... e esta é a desculpa preferida para "fazer qualquer coisa em nome da beleza".

Eu não sei... sempre que penso sobre esse lance de estética chego ao mesmo denominador. E sabem qual? Auto-estima baixa. Baixíssima, na real. Não consigo acreditar que uma mulher feliz e bem resolvida possa ter tantas neuras... Alguém que se sujeita a tantos procedimentos, plásticas, bisturis, estica-e-puxa e etc só pode ser extremamente infeliz... Não tenho outra explicação. Uma mulher realmente feliz e de bem com a vida reconhece que tem uma barriguinha safada sim, mas não transforma a presença dela na terceira guerra mundial contra si mesma. Essa é a diferença.

Eu sei que é difícil envelhecer... Eu penso nisso todos os dias à noite quando eu PRECISO passar o meu Chronos 30+... Juro que penso... Como eu disse antes, a questão não é se embarangar, não se cuidar. A questão é manter o senso... especialmente o senso do ridículo. Mulheres são vaidosas por natureza e isso ninguém jamais vai mudar. Porém... Sejamos vaidosas, mas valorizando principalmente aquilo que temos de melhor. E acima de tudo: vamos nos amar. Amem-se! Garanto que uma mulher que se valoriza atrai muito mais olhares do que qualquer siliconada ou photoshopada...

Bom, então era isso. Eu quero parabenizar a iniciativa da revista Cláudia. E que outras publicações também sigam o exemplo. Afinal, mulheres devem ser mostradas como realmente são: lindas em qualquer idade.

Um grande abraço.

7 comentários:

suellen nara disse...

sabe, eu tenti ser psiquiatra mas desisti para tentar carreira na estética. eu vou ganhar muito dinheiro e elas que se matem.
hahaha!

Beijo.

Rafaela disse...

Pow, caprichou no tamanho do texto dessa vez...hehehe. Mas como sempre, valeu a pena. Bem escrito e bem fundamentado. Você arrasa...
Não esquece do projeto "Coluna de revista"...rs
Bjinhos e boa semana!

Julio disse...

Hahahaha... chega a ser engraçado mas concordo totalmente com você. Mas além das mulheres que querem ter 105 anos como a Suzana e sair na capa da Boa Forma (sem aparecer com a verdadeira forma de tanque de guerra que ela tem), muitos homens acham que aquilo ali é de verdade. Logicamente que algumas mulheres são privilegiadas como a Luiza, que além de linda e ter se cuidado a vida toda, teve a genética para ajudá-la. Para os demais mortais não há segredo, boa alimentação, exercícios regulares e principalmente SE SENTIR BEM COM A IDADE E A VIDA QUE TEM. Canso de falar isso, mas não troco meus quase 30 pelos meus quase 20 mesmo.

bjs e se cuida.

Elem disse...

Julio,
eu pensei em mencionar os homens que acreditam nas revistas, mas não dava... o texto já estava enorme de mais! rs

Beijão

Lilian disse...

Tá muito bom o texto!!! Eu tb vi a revista com a Luiza Brunet na capa e achei o máximo quando vi que era sem photoshop...o braço não esconde a idade. Mas tá ela lá toda bonitona e sem exageros. Não é bem melhor assim?
:)

@ju_liana_lopes disse...

Descobri seu blog por acaso e adorei!! Muito bem pensado esse texto.

Estou te seguindo :D

Bjs

717 disse...

É a vida nesse meu lugar, é a vida...
As vezes esqucemos que as celebridades são pessoas normais e sofrem com a idade como nós. haha