domingo, 16 de outubro de 2011

Coming back

...Aí a gente muda a nossa vida por causa de um cara. A gente deixa de acreditar em coisas em que acreditávamos, muda de bairro, de cidade, de estado, de país. Muda de comportamento, muda de amigos, muda o jeito de expor sentimentos. A gente muda acreditando que assim, desse novo jeito, as coisas finalmente darão certo. E aí, mais uma vez, a gente quebra a cara. Porque não interessa o bairro, a cidade, o estado e o país, ele sempre será ele e você nunca deveria ter deixado de ser você. Essa é a grande verdade. Se você precisa mudar por alguém, pode crer.... esse cara não vale a pena.

P.S.: Quantas vidas eu vou ter que viver pra aprender isso?

Be yourself.
Sejam todos bem-vindos ao Pra Que Mesmo?. Divirtam-se!

2 comentários:

Lilian disse...

Adorei essa frase: "ele sempre será ele e você nunca deveria ter deixado de ser você..."
É bem por aí...
;)

Tatiana Russo de Campos - Escritora e Artista Plástica disse...

"ele sempre será ele e você nunca deveria ter deixado de ser você..."
Sem contar quando não lembramos mais de quem somos...
Fato
Escreves muito bem.
bjos.